• TVT
  • RBA
  • Rádio CUT
MENU

Estrutura organizativa

Quem compõe a CUT?

A CUT é formada por organizações sindicais e associações profissionais por ramo de atividade. A filiação ao quadro de entidades associadas à CUT se dá através de decisão democrática, por intermédio das instâncias máximas de deliberação de cada categoria e implica reconhecimento automático e aceitação imediata dos princípios, objetivos e normas estabelecidas pelo Estatuto da Central.

Organização

A CUT se organiza em dois níveis: organização VERTICAL e organização HORIZONTAL.

ORGANIZAÇÃO VERTICAL

Parte dos locais de trabalho, por ramo de atividade econômica, buscando aglutinar as atividades afins em suas formas organizativas. Essas formas são:

I – Organizações sindicais de base

II – Sindicatos por ramo de atividade econômica

III – Confederações e Federações Nacionais por ramo de atividade econômica

ORGANIZAÇÃO HORIZONTAL

Tem por objetivo construir a unidade dos(as) trabalhadores(as) promovendo sua organização intercategoria profissional enquanto classe em nível regional, estadual e nacional. Esta organização é representada pelas CUT’s Regionais, Estaduais e Nacional.

ENTENDA: As organizações sindicais de base e as entidades sindicais filiadas constituem o quadro associativo da Central; as Confederações e as Federações Nacionais por ramo de atividade constituem instâncias organizativas na estrutura da CUT.

As estruturas verticais têm o poder de representação e negociação do ramo de atividade econômica.

INSTÂNCIAS DELIBERATIVAS

As instâncias deliberativas da CUT Estadual são os Congressos Estaduais, Plenárias Estaduais e deliberações da Direção e Direção Executiva.

A CUT Estadual deve, em seus congressos, plenárias e demais instâncias deliberar sobre as políticas e estratégia de luta planejadas nessas instâncias.

carregando